Projeto Viva mais, Gaste menos

Easy Money

Esse foi o ano da revolução na minha vida e eu parei pra rever muita coisa que eu quero melhorar. Uma das atitudes que eu definitivamente preciso mudar é a minha relação com dinheiro. Eu nunca soube economizar nem guardar dinheiro. Todo fim de mês eu me sentia muito decepcionada comigo por não ter guardado grana pra fazer uma viagem, comprar uma casa, ou simplesmente ter uma poupança pra quando precisasse. Agora que não tenho emprego fixo dou muito mais valor a cada centavo que entra na minha conta, por isso decidi fazer meu projeto Viva mais, Gaste menos.

Uma maneira bem simples que encontrei de economizar, foi fazer lista pra tudo que eu tenho que desembolsar algum dinheiro. Se vou ao mercado, por exemplo, eu faço uma listinha. Pode parecer bobo, mas ajuda a manter o foco naquilo que realmente preciso, assim evito o corredor de cosméticos se não preciso comprar nada ali. Isso tem funcionado muito bem e fico bastante orgulhosa quando saio de lá só com o que estava na lista. Claro que se lembrar de algo que está faltando eu incluo, desde que seja necessário.

Outra lista que comecei a elaborar foi a de desejos x necessidades. Nela eu anoto tudo que eu quero, mas não preciso (desejos) e tudo que eu preciso, mas que não é urgente (necessidades). Pra exemplificar, na parte de necessidades eu coloquei uma escova de cabelo nova, a minha está bem velhinha, mas ainda dá conta do recado. Então eu preciso, mas não é urgente e pode esperar.

Claro que vez ou outra merecemos um agrado, então eu estabeleci uma meta: se eu conseguir economizar e cumprir minhas tarefas durante o mês, eu tenho o direito de gastar até R$150,00 comigo. Sim, o valor é suficiente e não é cumulativo. Pra quem quer economizar tá mais que de bom tamanho. E gastar comigo inclui desde comprar alguma coisa até almoçar com as amigas aos finais de semana.

Se aos poucos vou mudando uma atitude aqui, outra ali, no futuro vai fazer diferença. A gente tem mania de querer tudo compulsivamente porque a cada segundo surge uma novidade no mercado e na maioria das vezes não precisamos de nada daquilo. Eu cansei de comprar e segundos depois me arrepender. Sim, eu ficava com remorso de gastar e com essa coisa de comprar online então, cada vez que usava o cartão perdia uma noite de sono. Precisei chegar num ponto, ao meu ver, tão crítico pra me dar conta de que eu estava comprando tudo e não adquirindo nada. Frequentemente vou fazendo um balanço de gastos. Espero conseguir transformar esse projeto em hábito pra toda vida, porque pra viver bem, não precisamos sair gastando por aí!

Foto: @Doug88888 via photopin cc

2 Comentários

  1. Flicka

    23.11.2013 at 12:07

    Eu adoro comprar!!! Mas confesso que sou bem pao dura.. Entao tem coisas que oenso mil vezes antes de comprar e outras (tipo esmaltes e batons) nem passa pelo meu cerebro, ja tasco na cestinha ahhahaha
    Mas sabe o wue fazia? Eu guardava sempre 5% do que ganhava pra gastar comigo., pq assim, sempre eu teria algum presentinho ora nim pra compensar meu trabalho e me estimular a ganhar is. ;)
    Tb tenho essa lista de preciso/quero, é muito boa e funciona maravilhosamente bem por aki hehehe
    Beijocas.

    1. Stephanie Salateo

      23.11.2013 at 17:01

      eu tô numa fase de desapego de tudo que não uso, não serve etc e estava comprando muito sem necessidade. então pra poder juntar grana e viver com a qtdade certa de roupas, acessórios e maquiagens precisava cortar minhas asas. é um processo, ainda não consegui e talvez nem consiga doar meus sapatos, mas de td resto já tô bem melhor, no meu guarda roupa hoje cabe tanto as roupas de verão como as de inverno. antes tinha que fazer rodízio. quero pelo menos garantir um bom futuro pra Alice, numa casa própria e com bons estudos e pra isso é fundamental saber guardar $$. :)

Responda