Eu volteeeeei! Tá permitido tirar férias e ficar, inclusive, sem postar no blog né? Eu precisava me desligar um pouco, embora não tenha desligado do celular, mas me foquei em passar dias agradáveis com Alice, aproveitar o verão, tomar alguns mojitos, ser feliz e me libertar de tudo que pesou em 2014. Que ano do caralho, migs! Dezembro também não ficou por baixo, mas de algum modo foi bom porque pude encerrar diversos ciclos junto com o ano. Agora, depois de muita piscina, muitos filmes assistidos e companhias agradáveis, posso dizer que estou pronta, ou melhor, preparada para 2015. E olha, tô cheia de expectativa, então não me decepcione, ano ímpar! Mas, ainda em dezembro:

Dez-01

– teve muito brigadeiro feito no microondas;

– fez verão e tive que trabalhar da varanda, enquanto Alice brincava com uma bacia de água. Pior é que estávamos de frente para a piscina, foi difícil trabalhar nesse fim de ano olhando aquele azul;

– trabalhei num domingo e fique exausta, porém feliz e com dinheiro no bolso;

-fotografei flores do jardim, as usual.

Dez-02

– ensinei Alice a desenhar com giz de cera e ganhei arte nas minhas paredes;

– comprei esse Nike em um brechó e tô muito apaixonada por ele;

– os cafés da manhã foram temáticos e com muito panetonne;

– fotografei o último parto do ano (e talvez da vida, #todaschora).

Dez-03

– gravei o primeiro vídeo pro blog;

– fiz muitas selfies para mostrar minha cara de calor;

– abracei e brinquei muito com o meu tudinho;

– e teve mais café da manhã, temático.

Dez-04

– ganhei 2 perfumes que amo demais;

– e Alice des-mai-a-da no chão do Shopping fingindo que estava dormindo porque não aguentava mais andar com a mamãe e vovó, hahahaha! <3

camera-salateo

Essa foi minha vida no mês de dezembro, de acordo com o meu instagram. Você também pode me seguir no instagram para ver todas as fotos que posto por lá ou ver todas os posts da sessão Polaroid aqui do Salateando.

Compartilhe:
Escrito por Stephanie Salateo

criadora de conteúdo criativo, mãe de Alice e Caetano, moro em São Paulo e não vivo sem café. tenho 31 anos e sou geminiana com ascendente em câncer, ou seja, não faço muito sentido.