Enfeite para a porta da maternidade: guirlanda de laços

Eu sempre tive vontade de ser aquelas pessoas que sabem fazer objetos decorativos lindos e criativos. Alguns que saíram da minha cabeça funcionaram e ficaram legais, outros na metade do processo tinha que começar tudo de novo porque tava tudo torto. Fico olhando esses blogs de Do it yourself (faça você mesmo) e acho incrível como a pessoa tem criatividade pra criar tanta coisa e colocar no blog pra todo mundo poder fazer igual.

guirlandalacos

Com a vinda da Alice, desde o começo da gravidez eu queria fazer pelo menos um ítem pro quarto dela. Algo que fosse especial, tipo “Olha, a mamãe que fez!”. Pensei em diversas coisas, que ainda vou me esforçar pra conseguir realizar, mas a mais importante era o enfeite de porta de maternidade. Por vários motivos eu não queria comprar, queria fazer porque se tornaria algo especial e que combinasse com o quartinho dela e porque não achei ninguém que fizesse algo que me enchesse os olhos, sem contar que é tudo muito, muito caro! Então eu resolvi me aventurar e fazer uma guirlanda pra porta de maternidade. Pesquisei bastante pra ter inspiração e aprender como se faz. Até que resolvi adaptar e fazer do meu jeito e ficou tão linda! Bem do jeitinho que eu queria.

IMG_1242

Não foi nada complicado, eu usei: 1 moldura em MDF, um pedaço de papelão, sobra de tecido, fitas, cola e tesoura.

guirlanda

As sobras de tecido são das coisas que fizemos pro quarto da Alice. Escolhi uma delas e colei na moldura, passando cola somente na parte de trás. O pedaço de papelão usei pra fazer a letra A e com o outro tecido eu encapei a letra e colei atrás. Com as fitas eu fiz os lacinhos, usei um pedaço pra pendurar a letra na moldura e outra fita fiz uma alcinha pra pendurar o enfeite. E pronto! Eu fiz pra porta da maternidade e posteriormente vai ficar no quarto da Alice, mas você pode se inspirar e fazer uma dessa pra Páscoa, Natal, aniversário, basta usar a imaginação.

Minha mãe achou lindo, mas cismou que eu tinha que escrever o nome e não colocar somente a inicial. O que você achou? Gostou do enfeite? Também acha que eu deveria “identificar melhor” a porta da maternidade?

Comente

Jarra dos bons momentos

As coisas boas da vida passam, às vezes, tão rápido e nem sempre conseguimos dar valor. Principalmente aqueles momentos que te fazem sorrir, na rua, na fila do supermercado etc. De uns tempos pra cá diversas coisas pequenas do cotidiano conseguiram me deixar inspirada, emocionada e até me ajudaram a ter um dia melhor e são coisas simples como um casal de velhinhos andando de mãos dadas na rua, por exemplo.

DIY - Jarra dos Bons Momentos

No Pinterest tem um monte de ideias legais que podem ser feitas com um pote e depois de ver no Fat Mum Slim a “Feel good jar” eu resolvi entrar na onda também e criei a minha “Jarra dos Bons Momentos”. A ideia é escrever coisas e acontecimentos legais – como o que eu citei acima – e ir guardando dentro do pote, daí no final do ano você abre e lê tudo, como uma maneira de dar mais valor aos pequenos momentos.

A minha jarra foi comprada em uma loja que vende de tudo um pouco pra decoração da casa, na 25 de Março, quando fui comprar as coisas pro Chá da Alice e foi bem baratinha. Você pode usar qualquer jarra, pote ou até mesmo uma garrafa pra fazer a sua. A primeira integrante da minha jarra dos bons momentos é uma cartinha que minha amiga Isabela me escreveu no Ano Novo.

DIY - Jarra dos Bons MomentosMinha mãe adorou a ideia e eu fiz questão de compartilhar com o pessoal de casa pra que eles também escrevam seus bons momentos e pensamentos pra deixar guardado. Queria muito começar esse pequeno projeto antes da Alice nascer porque tenho certeza de que muitos momentos de felicidade vão acontecer em nossas vidas após seu nascimento. E vai tudo caber aqui dentro ou terei que comprar um pote maior.

Vai ser uma delícia abrir a Jarra com a família reunida e relembrar as coisas boas do ano. A gente deveria realmente dar mais valor ao que nos acontece!

Comente

Namoradinhos

Existem algumas explicações para o surgimento do dia dos namorados, na verdade, o dia de São Valentim. A mais bonita é que ele era um bispo a favor do casamento de soldados, já que o imperador na época achava que combatentes solteiros eram melhores. A data, é o dia de sua morte. Valentim foi preso e condenado por ser casado. Na prisão se apaixonou pela filha cega de um dos carcereiros e foi por milagrosamente devolver a visão à moça que mais tarde seria considerado Santo. No Brasil, a data comemorativa foi trazida por um comerciante famosão e adaptada pra véspera do dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro, e o resto a gente já sabe. Mas o mais importante mesmo é celebrar o amor. Não importa se você é solteiro(a), casado(a), enrolado(a). Eu agradeço todos os dias por ter quem eu tenho ao meu lado e não me refiro somente a namorado. Falo de pai, mãe, irmão e amigos. Cada um tem sua colaboração no quesito amor.

Esse post é pra dizer o quanto eu sou grata por ter pessoas maravilhosas ao meu lado, que me apoiam, me cuidam, incentivam e também brigam quando necessário. Amo vocês!! E que vocês continuem comigo nesse meu próximo ano que começou ontem! ❤

Imagem: Jerrod Maruyama

Comente